sábado, 11 de novembro de 2017

Leitura 16/2017 - Só trabalho


LEITURA 16/2017 - SÓ TRABALHO

zoom
Autor: Nora Roberts

Editor: Harlequin

Avaliação: ✰✰

Nº de páginas: 320

Tempo de leitura: 2 dias

Sinopse: O novo cliente da publicista Juliet Trent, o famoso chef italiano Carlo Franconi, não era apenas um mestre na cozinha, mas também um autêntico sedutor com fama de mulherengo. Só uma mulher lhe resistia: a fria e esquiva Juliet, a sua relações públicas numa tournée promocional pelos Estados Unidos. Embora parecesse fascinante a Carlo, Juliet tinha por norma não misturar negócios com prazer. Contudo, quando o apaixonado cozinheiro italiano se empenhou em despertar o seu apetite amoroso e em lhe demonstrar que certas regras existem para ser quebradas, Juliet descobriu que, com Carlo, tudo era um prazer.

Opinião: Para quem acompanha o blog sabe que eu ando viciada nos livros da Nora Roberts. Este livro é bem soft e uma leitura bastante fácil.
A história é sobre Juliet, uma agente, e Carlo, um chef italiano. Carlo está em digressão pelos Estados Unidos para divulgar o seu mais recente livro de culinária e é Juliet que o vai acompanhar como relações públicas. Juliet está focada no seu trabalho e nem sequer gosta/sabe cozinhar e por isso não se deixa derreter no inicio pelo mulherengo Carlo.
É um bom romance para se ler no sofá em dias de chuva e que se quer descansar.

    Acompanhem o Facebook.
    Boas leituras 
    AS

    quarta-feira, 8 de novembro de 2017

    Leitura 15/2017 - A Culpa é das Estrelas



    LEITURA 15/2017 - A CULPA É DAS ESTRELAS

    zoom


    Autor: John Green

    Editor: Edições Asa

    Avaliação: ✰✰

    Nº de páginas: 256

    Tempo de leitura: 4 dias

    Sinopse: Apesar do milagre da medicina que fez diminuir o tumor que a atacara há alguns anos, Hazel nunca tinha conhecido outra situação que não a de doente terminal, sendo o capítulo final da sua vida parte integrante do seu diagnóstico. Mas com a chegada repentina ao Grupo de Apoio dos Miúdos com Cancro de uma atraente reviravolta de seu nome Augustus Waters, a história de Hazel vê-se agora prestes a ser completamente rescrita. PERSPICAZ, ARROJADO, IRREVERENTE E CRU, A Culpa é das Estrelas é a obra mais ambiciosa e comovente que o premiado autor John Green nos apresentou até hoje, explorando de maneira brilhante a aventura divertida, empolgante e trágica que é estar-se vivo e apaixonado.

    Opinião: Ouvi falar muito deste livro e já há muito tempo que o queria ler. Não foi certamente a melhor escolha para ler durante as ferias porque é muito triste.
    É difícil falar desta história quando acho que toda a gente já a leu.
    Já sabia que a protagonista tinha cancro e que há um filme baseado no livro. Mas ao não saber muito mais consegui apreciar a leitura.
    Hazel sofre com uma doença terminal e participa num grupo de apoio onde conhece Augustus, um sobrevivente ao cancro. Aí começa o desenrolar da história. Tudo em volta da descoberta de um livro sem fim que Hazel adora.
    O que eu mais gosto é da escrita. é uma história que parece real. Conseguimos sentir a raiva interior de Hazel, a tristeza dela de ver os pais a sofrer pela doença dela, as modificações na sua vida devido à doença. Tudo em redor da doença. Quando Augustus aparece, ela começa a ver que pode ter um vida um bocado mais normal com um namorado. É um daqueles livro que todos devem ler!!
    Mais alguém leu? E o filme? Aconselham-me a ver??



      Acompanhem o Facebook.
      Boas leituras 
      AS

      segunda-feira, 6 de novembro de 2017

      Leitura 14/2017 - Perigosa

      LEITURA 14/2017 - PERIGOSA


      zoom
      Autor: Madeline Hunter

      Editor: Edições Asa

      Avaliação: ✰✰

      Nº de páginas: 336

      Tempo de leitura: 2 dias

      Sinopse: Tristan, duque de Castleford, acaba de herdar uma pequena casa e, com ela, uma grande surpresa: Daphne Joyes, uma bela mas agressiva inquilina. O irreverente Tristan deixa logo bem claro que tenciona seduzila, dar-lhe prazer, e vê-la coberta apenas de diamantes. Mas Daphne conhece bem a escandalosa reputação do duque, e não está disposta a ceder às suas provocações. No entanto, ambos têm um inimigo em comum. Um homem cuja malevolência acaba por os ajudar de uma estranha e inesperada forma. Existe, todavia, um entrave: o segredo que Daphne guarda e que a leva a ser uma mulher extremamente cautelosa. Mas embora o seu novo senhorio seja arrogante e se entregue a uma vida de deboches (exceto às terças-feiras!), Daphne dá por si a baixar perigosamente a guarda. Até porque, afinal, os diamantes ficam bem com tudo… e também com nada…

      Opinião: Depois de ler o primeiro livro da serie As Flores Mais Raras passei para o quarto. Sim, eu sei que não deveria fazer assim, mas era o único que encontrei na biblioteca e antes que alguém o leve, decidi saltar dois livros. Sem dúvida nenhuma que esta autora é a minha descoberta de 2017. Neste quarto livro podemos descobrir mais sobre uma personagem do primeiro livro: Daphne.
      Daphne é a dona da casa que abriga algumas raparigas que ficaram com a reputação estragada ou simplesmente que precisam de abrigo. Para arranjarem dinheiro, elas plantam flores que são conhecidas na cidade. Tristan herda a casa e aí começa mais um romance. A opinião dela sobre ela não é das melhores, pelo contrário, ele é um libertino. Para ele, ela é um mistério e ele não desiste facilmente de brincar com ela.
      Pelo meio há segredos e diamantes. A insinuação aos diamantes na sinopse do livro é muito boa e tem mesmo de ler para perceber.
      Também gostei de saber o que aconteceu aos outros casais. Pelo menos ao do primeiro livro, e de saber os outros dois casais pertencentes ao livro dois e três. Mais um livro que recomendo totalmente a quem adora romances.
      Podem deixar indicações de romances nos comentários. 

      Outras opiniões da serie As Flores Mais Raras:
      Deslumbrante (Livro 1)

        Acompanhem o Facebook.
        Boas leituras 
        AS

        domingo, 5 de novembro de 2017

        Leitura 13/2017 - Felizes para sempre



        LEITURA 13/2017 - FELIZES PARA SEMPRE

        zoom



        Autor: Nora Roberts

        Editor: Chá das Cinco

        Avaliação: ✰✰

        Nº de páginas: 288

        Tempo de leitura: 3 dias

        Sinopse: Enquanto relações públicas de uma empresa de organização de casamentos, Parker Brown tem um talento excecional para realizar os sonhos das noivas mais exigentes. Mas é incapaz de sonhar sobre o seu próprio futuro. O mecânico Malcolm Kavanaugh adora descobrir como funcionam as coisas. E perceber os segredos de uma mulher complexa e deslumbrante como Parker é um desafio.
        Parker e Malcom, quando estão juntos, fazem faísca. Mas ambos sabem que passar de um pequeno flirt a uma relação séria é um passo muito importante. Os riscos que Parker correu nos negócios sempre valeram a pena, mas arriscar o seu coração é algo que a jovem não sabe se pode fazer... Felizmente, Malcom irá mostrar-lhe que a vida é demasiado curta para não ser vivida ao máximo.


        Opinião: Vou ser sincera, gosto mais de J. D. Robb do que Nora Roberts, mas do pseudónimo só li a saga mortal. Os romances da Nora Roberts são fofinhos mas não têm a emoção e o fôlego da história da Eve e do Roarke. Felizes para sempre conta a história de Parker que transforma  a própria casa numa grande organização de casamentos. Parker é a organização em pessoa e com a ajuda das amigas torna-se uma grande empresária do mundo dos eventos. As amigas são ambas comprometidas, uma delas com o seu irmão. Malcolm, um mecânico e amigo dos rapazes, vai ser o que irrita Parker.
        No inicio achei um bocado cliché pois os dois que são solteiros são os protagonistas, porém a Nora tem um jeito especial para contar romances. Tal como Nicholas Sparks, a receita parece ser a mesma em todos os livros mas tem algo que nos vicia. Em suma, não foi o melhor livro que li mas é uma leitura fácil.
        Há por aqui fãs da Nora Roberts?

          Acompanhem o Facebook.
          Boas leituras 
          AS

          sábado, 4 de novembro de 2017

          Leitura 12/2017 - Deslumbrante

          LEITURA 12/2017 - DESLUMBRANTE

          zoom


          Autor: Madeline Hunter

          Editor: Edições Asa

          Avaliação: ✰✰

          Nº de páginas: 320

          Tempo de leitura: 2 dias

          Sinopse: Numa época em que a reputação de uma mulher é o seu bem mais precioso, Audrianna desafia todas as convenções. Ela é uma jovem determinada, independente… e disposta a tudo para aniquilar o seu adversário, o altivo Lord Sebastian Sommerhayes. A uni-los está um homem: o pai de Audrianna, que morreu envolto nas malhas de uma conspiração. Para Audrianna, essa tragédia significou o fim da sua inocência. Para Sebastian, que liderou a investigação, foi apenas uma morte merecida. Audrianna jurou limpar o nome do pai, mas nunca esperou sentir um desejo tão avassalador pelo homem que o arrasou. A busca pela verdade vai levá-la demasiado longe numa sociedade que é implacável perante a ousadia feminina. Ao ver-se mergulhada num escândalo que pode ser-lhe fatal, Audrianna tem apenas uma inconcebível opção…  
          "Deslumbrante" é o primeiro volume da série "As Flores Mais Raras". Mais uma apaixonante e sensual saga histórica pela mão da Rainha do Romance


          Opinião: Esta é para mim a autora do ano. Cada vez mais leio livros dela. São romances daqueles "fofinhos" mas sem serem demasiados previsíveis. Adoro ir à biblioteca e escolher um livro ao calhas. Este foi uma dos casos. Tudo começa quando Audrianna, depois da morte do pai, tenta salvar a reputação dele, mas para seu adversário tem Sebastian. Sebastian é ao inicio um conquistador de mulher e arrogante porém ao desenrolar da história torna-se um querido para Audrianna. Ou seja, eles são o típico casal que se tratam como cães e gatos. O que eu mais gostei em Audrianna é a força dela numa altura em que as mulheres eram consideradas fracas.
          Para quem adora romances tem de ler este!
          O melhor é que este livro pertence a uma série :D

            Acompanhem o Facebook.
            Boas leituras 
            AS

            quarta-feira, 1 de novembro de 2017

            Leitura 11/2017 - A Herdeira

            LEITURA 11/2017 - A HERDEIRA


            zoom

            Autor: Kiera Cass

            Editor: Marcador

            Avaliação: ✰✰

            Nº de páginas: 320

            Tempo de leitura: 3 dias

            Sinopse: A Princesa Eadlyn cresceu a ouvir histórias intermináveis de como a sua mãe e o seu pai se conheceram. Vinte anos antes, America Singer entrou na Seleção e conquistou o coração do Príncipe Maxon – e viveram felizes para sempre. Eadlyn sempre achou romântica esta história de encantar, mas não tem qualquer interesse em tentar repeti-la. Por si, adiaria o casamento tanto tempo quanto possível.
            Mas a vida de uma princesa não é inteiramente sua e Eadlyn não pode escapar à sua própria Seleção – por mais fervorosamente que proteste.
            Eadlyn não espera que a sua história acabe em romance. Mas com o início da competição, um candidato poderá acabar por conquistar o coração da princesa, mostrando-lhe todas as possibilidades que se encontram à sua frente… E provando-lhe que viver feliz para sempre não é tão impossível como ela pensou.


            Opinião: Depois de três livros em que acompanhamos o romance entre Maxon e America, chega agora o livro sobre a filha deles. Uma menina que cresceu no meio de muito amor mas com a educação de uma futura rainha. Eadlyn não se parece nada com America tirando o facto de serem as duas destemidas. Cresceram com formações e realidades diferentes. O país começa por ser contra a família real e sobretudo com a menina mimada e fria que Eadlyn parece ser e por isso os pais dela decidem voltar a criar uma seleção para escolher um marido aleatoriamente..
            O que gostei neste livro foi de descobrir o que aconteceu com o fim das castas. Penso que quem leu os outros livros vai gostar deste apesar de sentir uma grande diferença entre as protagonistas. A meio do livro é impossível não nos cativarmos por Eadlyn.
            Este é um livro que pode ser considerado muito juvenil mas eu adorei.
            Quem já leu e também se apaixonou?


              Acompanhem o Facebook.
              Boas leituras 
              AS